domingo, 10 de janeiro de 2016

O seu livro preferido não precisa ter um final!

Euzinha nunca fui lá um exemplo de leitora perfeita, daquelas que lê uma caralhada de livros por ano. Longe de mim. Tenho piorado a cada ano, ainda mais com a facilidade de acesso a dezenas de milhares de livros em apenas um clique. Fico tão nervosa em escolher que acabo lendo uma página de cada e não terminando nenhum. Maaaas, tenho lido um em especial na ultima semana que me fez vir aqui e fazer uma perguntinha a vocês: E se o seu livro preferido não tivesse acabado? Se ele tivesse continuações infinitas e se você pudesse viver naquele mundo para sempre? 
Não, eu ainda não to viajando na maionese. Deixa eu te explicar! Fangirl é uma obra de Rowell Rainbow o mesmo escritor de Eleanor & Park (Outro livro que abandonei pela metade porque não consigo focar em um só livro, socorro) Lançado pela editora Novo Século, Fangirl conta a historia de Cath, uma caloura da universidade que tem uma única paixão na vida: Simon Snow, uma série de livros que ela vive relendo incansavelmente. Mas Cath vai além, ela não só lê ela escreve fanfics sobre Simon Snow! Pera lá! Vamos com calma, o que seria Fanfic? Apesar da palavra ser meio auto-explicativa, vamos a definição dada pelo Wikipédia: "Fanfictionfanfic ou apenas fic é uma narrativa ficcional, escrita e divulgada por fã em blogs, sites e em outras plataformas pertencentes ao ciberespaço, que parte da apropriação de personagens e enredos provenientes de produtos midiáticos como filmes, séries, quadrinhos, videogames, etc, sem que haja a intenção de ferir os direitos autorais e a obtenção de lucros. Portanto, tem como finalidade a construção de um universo paralelo ao original e também a ampliação do contato dos fãs com as obras que apreciam para limites mais extensos." Apesar de eu querer muito falar sobre o livro Fangirl, resolvi fazer esse post principalmente por ser apaixonada por fanfics e porque caso alguém me diga que há um modo de eu nunca dizer adeus ao universo de Harry Potter, continuar vivendo toda aquela magia pra sempre MEU DEUS! EU VOU QUERER SABER.  

É isso que Fanfic significa, não só pra mim mas pra milhaaaaaaaaares e milhares de fãs de todos os tipos de coisa por aí. Sejam personagens fictícios como também celebridades e etc. É maravilhoso você ter a liberdade de colocar aquele seu personagem favorito em situações malucas. Imaginar como poderia ter sido se o mocinho tivesse feito uma outra escolha. Juntar aqueles casais fofos que nunca ficaram juntos. É quase magia, gente!
Ok, você ainda não pegou o sentido da coisa e ta se sentido meio perdido? Calma que eu ajudo. Existe um site chamado Social Spirit onde você pode encontrar fanfics de tudo mesmo que imaginar. Vai lá e procura seu livro preferido, procura seu cantor preferido ou até mesmo uma série de TV. É bom pra distrair, mas sem dúvidas é melhor ainda escrever.
Fora que as Fanfics são uma ótima opção pra você que ta querendo começar a escrever livros, lá você pode treinar sua escrita, saber o que as pessoas acham. Receber dicas e criticas e até mesmo ir ganhando seus fãs. Sabia que muitos livros famosos mundialmente começaram como uma Fanfic? Cinquenta Tons de Cinza ta aí pra não me deixar mentir, começou como uma Fanfic da saga Crepúsculo e olha no que deu. 
Pra finalizar, mas como toda propaganda é bem-vinda, gostaria de apresentar a minha própria página de Fanfics. Acho que 90% são antigas e nem valem a pena ser clicadas, sério. Mas algumas tem o enredo bonzinho vai. Você pode me encontrar no Social Spirit clicando aqui;
Eu vou ficando por aqui, espero que tenham gostado do post, beijinhos e até a próxima! <3
  

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. adooorava fanfic! escrevi milhares e milhares!! é mt bom
    beijos ;*
    arisecondo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu era apaixonada por fanfics, lia umas duzentas e até escrevi algumas, nem sei o porquê de ter parado... Mas você me inspirou a voltar a lê-las! Costumava ler pelo FFOS, você conhece? Bjs.

    www.obstrelando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesma situação :c Nem conheço, quando começei em meados de 2005 por aí, tava meio na moda o Nyah!

      Excluir