domingo, 10 de janeiro de 2016

Diários da saudade

26 de Abril de 2015


"Chega um dia em que todo mundo precisa ir embora. Simples assim. Alguns deixam mais saudades, outros menos. Essa talvez seja a parte mais triste do amor: Quando você não o sente mais.

Neste momento eu tenho certeza que estou te deixando ir, porque não estou com rancor ou raiva. Simplesmente estou vendo o que é melhor para cada um de nós.
Foi quase um ano, né? Passou tudo tão rápido desde o dia que te abracei naquela porta. De você eu procuro guardar só o que foi bom, e tudo que aprendi. Dizem que é melhor terminar algo enquanto ainda não quebrou. E bem, o nosso já está trincado. Vou sentir sua falta."


06 de março de 2015

"Eu não queria parar de falar, queria saber o que dizer. Eu só... Não quero te magoar mais. Eu não consigo dormir. E sinto sua falta."



07 de março de 2015



"Meus amigos tem me perguntado por que estive tão estranha, mas eu não consigo dizer nada. Tem umas coisas engasgadas aqui. Sinto sua falta"



14 de março de 2015



"Você me abraçou antes de ir embora. E eu queria que nunca fosse. Sinto sua falta"




Nenhum comentário:

Postar um comentário