quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

O melhor lugar do mundo é dentro de um abraço? Sobre abuso e putas

A sua felicidade não é o mais importante, você só faz o que agrada aquela pessoa. Você tem medo de perde-lo, tem medo porque quem mais iria amar uma louca como você? Quem mais iria aguentar suas fases, suas manias, seus trejeitos, seu batom vermelho... Mas que batom vermelho? Aquele que ele mandou você parar de usar? Aquele que te faz parecer uma puta? Você não é como essas mulheres que não se dão ao respeito, você não é como Geni, que dá pra qualquer um. Você é a melhor. Você não é a melhor. Você é puta. Você não merece ele. Fica com ele, você não tem outra escolha. E dói. Dói? Não foi você quem escolheu isso, puta? Não foi você?



Não. Não foi você. 
A sua felicidade é a mais importante. Você fica linda de batom vermelho. Veste a tua confiança e sai as ruas. Sai desse "amor". Faz algum tempo que passei a entender e estudar mais o assunto, no começo, pensava que um relacionamento abusivo era somente aquele com agressão física. Que burrice a minha. O abuso está nos pequenos detalhes, nos mínimos. Tá no ciúme, ta em você desistir de amigos, desistir de festas, desistir dos seus sonhos. Sonhos que você traz consigo desde a sua infância. Será que é justo consigo mesma deixar matem o teu verdadeiro eu? Que te moldem, que te mudem? E você não sabe que está presa em um relacionamento abusivo. Nunca é com você. É com as outras. Com você é só um ciúme bobo, é coisa de momento. Ele tava com a cabeça quente. Ele me ama. Ele só me bateu porque eu errei. NÃO. NÃO. NÃO. Você pode e deve acabar com esse relacionamento. DENUNCIE. Não se cale. Você é uma sobrevivente. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário